imageIVM1

Diary

Pianista Croata brilha na Sala São Paulo

02 | 09 | 2014

Ivana Marija Vidovic se tornou a primeira pianista croata a tocar na Sala São Paulo, a mais prestigiosa sala de concertos da América Latina

Texto: Roberto Fideli, giornalista, São Paulo

[ Scroll down for English version ]

Diante de mais de mil pessoas que lotaram a Sala São Paulo, Ivana Marija Vidovic se tornou a primeira pianista croata a se apresentar no Brasil. Com o apoio da com a Orquestra Sinfônica da Universidade de São Paulo - uma das melhores orquestras sinfônicas da América Latina -, sob condução do maestro Luis Fernando Malheiro, Vidovik tocou Concerto para Piano em Dô sustenido Menor, op.30 de Nikolai Rimsky-Korsakov em homenagem ao seu 170º aniversário.
Essa peça musical, composta em homenagem ao pianista austro-húngaro Franz Liszt raramente é tocada, tornando o evento ainda mais especial. "O sucesso foi muito grande, pois o público era de mais de mil pessoas, a Sala São Paulo estava lotada e eu me senti muito entusiasmada e foi um dos melhores concertos que eu já fiz", afirmou a jovem pianista.
Ivana Marija Vidovic começou a tocar piano logo aos quatro anos de idade, incentivada por sua mãe em Dubrovnik, uma pequena cidade com cerca de 42 mil habitantes às margens do Mediterrâa;neo.
Completou seus estudos durante a época da Guerra da Croácia que teve grande influêa;ncia em sua trajetória musical. "Enquanto eu toco, estou rezando pela Paz na faixa de Gaza e por todo o mundo", afirmou. "Música tem esse poder".
Durante seus anos como estudante, Vidovic se apresentou frequentemente apesar de um acidente de carro em 1996, em que fraturou o ombro. "Na época, o médico me disse que eu nunca mais poderia escrever, mas cá estou, na Sala São Paulo, uma das mais importantes do mundo, e isso é incrível", ela conta. "Para mim isso é como um sonho mágico do qual eu nunca quero acordar. Eu quero que dure para sempre", explicou. Vidovic também agradeceu à oportunidade de se apresentar diante do público brasileiro e à organização. "Me dá muito orgulho representar meu país diante de um público tão especial", completou. A pianista também é conhecida por escrever poesia e possui trabalhos publicados na Croácia. Em 2006 ela se tornou membro da Associação Akkuaria, onde ganhou diversos prêa;mios. Em 2010 ela se tornouEmbaixadora da CulturaItaliana.

[ English Version ]

Croatian pianist mesmerizes at São PauloConcert Hall

Ivana Marija Vidovic became the first Croatian pianist playing in the São Paulo Concert Hall, the most prestigious concert venue in Latin America

Text by: Roberto Fideli, journalist, São Paulo

In front of over a thousand people who filled the São Paulo Concert Hall, Ivana Marija Vidovic became the first Croatian pianist to perform in that amazing hall. With the support of with the Symphony Orchestra of the University of São Paulo - one of the best Symphony Orchestras in Latin America - under conduction of maestro Luis Fernando Malheiro Vidovi ć played the Piano Concerto in C - sharp Minor, Op.30 by Nikolai Rimsky-Korsakov in honor of its 170th anniversary.
This musical piece, composed in tribute to a famous pianist and composer Franz Liszt is rarely played, making the event even more special. "The success was very great because the audience was more than a thousand people, São Paulo Concert Hall was packed and I felt very excited and was one of the best concerts I've ever done," said the young pianist.
Ivana Marija Vidovic began playing piano as early as four years old, encouraged by her mother in Dubrovnik, a very old town with about 42,000 inhabitants on theMediterranean shore.
She completed her studies during the time of the Croatian War, in 1992, which had great influence on her musical education. "While I play, I'm praying for peace throughout the world," she said. "I believe that music has that power."
During her years as a student, Vidovic often presented despite a severe car accident in 1996 in which she broke her shoulder. "At the time, the doctor told me that I could never play agan, but here I am, in the São Paulo Concert Hall, one of the most important in the world, and this is amazing," she said.
"For me it is like a magical dream that I never want to wake up. I want it to last forever," she explained. Vidovic also thanked dearly the opportunity to appear in front of the numerous Brazilian public. "It gives me great pride to represent my country for such a special audience," Vidovic concludes. The pianist is also known for writing poetry and has published works in Croatia and Italy. In 2006 she became a member of the Association Akkuaria, where she won numerous awards and in 2010 she became Ambassador of Italian Culture.

 

Photo: Alessandra Lelis

[ back ]